A importância dos detalhes em uma vistoria imobiliária

Notícias

Ao se negociar ou alugar um imóvel a vistoria imobiliária deve ser levada em consideração como um dos pontos mais importantes, mesmo ela não sendo obrigatória.

Ela serve para que as partes envolvidas na negociação evitem problemas futuros, seja em um contrato de locação residencial, em um contrato de locação comercial ou em uma compra e venda de imóvel.

Vamos debater neste artigo sobre a importância da vistoria e alguns detalhes que devem ser verificados.

Critérios recomendados

Para uma vistoria ser eficiente recomenda-se que nela sigam alguns critérios recomendados, entre eles estão:

– Acabamentos;

– Pinturas;

– Instalações elétricas;

– Instalações hidráulicas;

– Qualidade geral da estrutura do imóvel;

Entre outros.

Ao se utilizar um laudo de vistoria, tem-se assim uma descrição detalhada da condição do imóvel.

A vistoria em uma locação

Todo contrato de locação de um imóvel, seja uma locação residencial ou uma locação comercial, estipula que o imóvel deverá ser retornado ao proprietário nas mesmas condições em que ele foi entregue ao locatário.

Por esta determinação que se verifica a importância da criação do laudo de vistoria, e que o seu detalhamento dará às partes envolvidas uma garantia quanto à forma em que o imóvel deverá ser devolvido.

Assim, tem-se um laudo de vistoria de entrada, feito no início da locação, que é comparado com o laudo de vistoria de saída.

Esta comparação possibilita verificar os danos e irregularidades que tenham aparecido no imóvel durante o período em que ocorreu a locação.

Consegue-se verificar a pintura do imóvel, sua parte elétrica, as esquadrias e janelas, portas, móveis, e até fazer comparação com fotografias feitas na vistoria, contribuindo assim para evitar qualquer conflito entre o proprietário e inquilino, resultando assim em um parecer justo no momento da devolução do imóvel.

A vistoria em uma compra e venda de imóvel

Já no momento da negociação de um imóvel, feito inicialmente com um contrato de compra e venda de imóvel, ou sua promessa, tem-se a vistoria o papel de garantir e verificar problemas que possam surgir no imóvel entre a negociação e a efetiva entrega das chaves.

Caso o comprador não receba o imóvel da forma como foi negociado ele poderá recusar o recebimento do imóvel enquanto ele não estiver nas mesmas condições esperadas e confirmadas no laudo.

Para esta vistoria, além de um detalhamento escrito utilizam-se também fotos, para confirmar o estado do imóvel no momento de sua negociação.

Conclusão

Em todos os casos percebe-se a importância de se ter um contrato bem definido. Este contrato servirá como uma segurança entre todos os envolvidos.

Sempre faça um contrato claro e objetivo, evitando assim conflitos que poderiam resultar em brigas judiciais, prevenindo as partes de prejuízos e da perda de tempo.

Se estiver buscando um contrato de locação residencial que possa ser feito de maneira personalizada, utilize o nosso clicando no link abaixo:

Contrato de Locação Residencial

Nele você terá a segurança de estar gerando um contrato atualizado mensalmente com a legislação vigente, além de contar com todo nosso suporte e orientações por e-mail sempre que precisar.

Fonte: 99Contratos / Gustavo Falcão